Follow by Email

sábado, 7 de abril de 2012


O QUE DIFERENCIA O PSICANALISTA DO PSIQUIATRA E DO PSICÓLOGO
M. Souza e Lenne Banhos

O psiquiatra é um médico cuja experiência lhe permite avaliar a gravidade de uma patologia mental, examinando o estado neurológico do paciente e, se necessário, prescrevendo-lhe remédios químicos eficazes para acalmar os distúrbios. Atua, portanto, com os doentes. Já o psicólogo ocupa-se, sobretudo, com a população sadia, administrando testes para avaliar as aptidões dos indivíduos que ele tem que examinar, tais como a inteligência, a habilidade manual, a sensibilidade, a personalidade, etc. e, ainda, fazendo psicoterapia, ou seja, uma série de entrevistas com objetivo terapêutico, onde se visam os problemas conscientes a realidade atual e como enfrentá-la. A psicoterapia opera mais na superfície e mais rápido porque só é evocado o que não está bem atualmente para que se possa entender a dificuldade e resolvê-la: não se evoca tudo o que vem à mente. O psicanalista trabalha apenas com o inconsciente, pedindo ao paciente que fale tudo o que pensa e sente. Estabelece com o psicanalisando uma relação imaginária mediante a qual o paciente revive inconscientemente suas experiências passadas, refazendo sua história. Uma psicanálise pode ser um trabalho longo em que o objetivo direto é tratar e, também, tornar o paciente mais fortalecido psiquicamente, de sorte a encontrar meios menos prejudiciais de abordar a sensação de vazio e desamparo que o acompanham desde o nascimento, enfim, como diz o velho ditado:

 Não se pode mudar a direção do vento,
mas pode-se alterar a posição das velas”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário